Portal científico brasileiro é referência internacional

postado em: Uncategorized | 0

Com plataforma renovada, Portal de Publicações Científicas em Acesso Aberto (Oasisbr) oferece milhares de publicações gratuitas

Reunir as publicações científicas brasileiras em um mesmo lugar, facilitando a busca desses documentos pelos interessados, é o objetivo do Portal de Publicações Científicas em Acesso Aberto (Oasisbr), lançado pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict/MCTI).

O sucesso foi tão grande que o Portal ganhou visibilidade em sites internacionais de divulgação científica, como o La Referencia e Confederation of Open Access Repositories (Coar). O La Referencia é focado na produção científica de países da América Latina como Argentina, Chile, Colombia, Ecuador, El Salvador, México, Perú, Venezuela, além do Brasil. Já o Coar representa 90 instituições mundiais da Europa, Ásia, América do Norte e América Latina.
Para conhecer o novo portal, acesse: oasisbr.ibict.br.

Com a nova plataforma, milhares de publicações científicas produzidas no Brasil estão mais acessíveis a pesquisadores e acadêmicos de todo o mundo. Por meio do Oasisbr, é possível consultar e realizar o download de, aproximadamente, 1,2 milhão de publicações científicas em acesso aberto, sem custo algum.
Sobre a plataforma

O Oasisbr é uma plataforma de busca integrada, podendo ser adaptada a dispositivos móveis. Ela concentra os resultados de bibliotecas digitais de teses e dissertações e de revistas eletrônicas de acesso aberto no Brasil.
Segundo a coordenadora do Laboratório de Metodologias de Tratamento e Disseminação da Informação do Ibict, Bianca Amaro, “o Oasisbr oferece ainda um conjunto de estatísticas sobre as coletas e sobre o material agregado, por meio do qual podemos estabelecer um panorama global da produção brasileira”.
Além disso, a cooperação com a rede latino-americana foi um dos pontos chave para o sucesso da empreitada. O número de documentos agregados pelo Oasisbr faz do portal brasileiro o maior repositório de acesso aberto da América Latina.

 

Fonte: Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

Deixe uma resposta