GPEAD promove III edição de Seminário Internacional

postado em: Uncategorized | 0

O Grupo de Pesquisa Ethos, Alteridade e Desenvolvimento (GPEAD), vinculado à Universidade Regional de Blumenau (FURB), foi um dos proponentes organizadores do III Seminário Internacional Culturas e Desenvolvimento (SICDES), o III Encontro da Rede de Interculturalidade, o IV Encontro da Rede de Trabalho com Povos Indígenas e o IV Encontro Sociedades em Transformação, realizados nos dias 20, 21 e 22 de julho, em Herédia e San Ramón,na Costa Rica.Elcio - Abertura

Também integraram a comissão organizadora representantes da Universidade Nacional (UNA) de Costa Rica, Universidade de Costa Rica (UCR – Sede de Ocidente), Universidade Estatal a Distância (UNED/Costa Rica), Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UNOCHAPECÓ), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR- Campus Pato Branco), Centro Dominicano de Investigação (CEDI/Costa Rica) e Associação dos Professores de Ensino Religioso do Estado de Santa Catarina (ASPERSC), com o apoio de diversas outras instituições latino-centro-americanas.O tema abordado foi Territórios, Culturas e Bem-Viver: desafios a partir das identidades e saberes diversos, com o objetivo de oportunizar espaços de diálogos, intercâmbios e parcerias acerca do desafio emergente de reconhecimento das identidades culturais em sua diversidade de saberes, e à construção de alternativas epistemológicas, territoriais e educativas que subsidiem a promoção de outras lógicas de desenvolvimento.Mesa2

O programa dos eventos contou com mesas temáticas, círculos de diálogo, sessões de comunicações de trabalho, lançamento de livros e atividades culturais.

O Prof. Elcio Cecchetti, um dos membros da Coordenação Geral do Seminário, avaliou que a atividade contou com “momentos de grande intensidade, emocionantes e de excelentes reflexões”. Em sua opinião, uma das principais conclusões geradas foi a de que “devemos reconhecer que temos que alterar nossos modelos de desenvolvimento ou pelo menos reconhecer que há outros modelos e que todos eles são legítimos”. Destacou também que a “Interculturalidade está na gênesis do Projeto do Seminário Internacional Culturas e Desenvolvimento, por esse motivo, tornou-se ponto de encontro de diversas perspectivas étnico-culturais, epistemológicas, pedagógicas e territoriais”.Mesa final

Participaram do evento mais de 200 pessoas, provenientes de 10 nacionalidades latino-americanas e caribenhas.

A quarta edição do Seminário Internacional ocorrerá em 2018, na cidade de Santiago de Chile.

 

 

Deixe uma resposta